terça-feira, 7 de outubro de 2014

Acochambement: Álvaro Drummond de Cesar

Acho que o prédio que mais frequentei em Pelotas foi o Edifício Feliciano Xavier, (Osório, 631). Lá moravam o Gus Neumann (e seus colegas de apê), no 705, a Carla Rocha e a amada, no 102, e por último a Aline (102), cujos sentimentos são ambíguos.
Quando rolava o intercâmbio de apês consequentemente rolavam leituras, sobretudo se tinha vinho, e às vezes ficávamos tão empolgados que um não dava tempo do outro terminar a sua, sobrepondo sentidos mil.
Nessa ocasição era outono e o terraço muito confortável, e subimos mais coberta, vinho e livros. O Gus, sempre trágico quando apaixonado, subiu Álvaro de Campos, a Carla, sensível às identificações, Ana Cristina Cesar, e eu, que andava meio mito desmontado, Drumão.
E do vinho pro acochabement é um verso.




video

sábado, 4 de outubro de 2014

quinta-feira, 12 de junho de 2014

um carro piscou pra mim
um carro me mandou à merda
um carro entrou na contramão
um carro atropelou várias bicicletas

um carro pisou fundo
um carro furou o sinal
um carro tinha seguro
um carro estava com os documentos atrasados

um carro morreu no meio da avenida
um carro bateu no carro parado
um carro freou e deu pista alerta
e todos os carros ficaram presos no engarrafamento

quinta-feira, 22 de maio de 2014

silabada bino

logo hoje me olhei no espelho e 
achei bonito 
logo hoje
o espelho
me olhou e me achou 
bonito logo
hoje
me espelho 
olhei e achei
hoje bonito

cansado / triste
medicado / feliz
saudável / gordo
sorrisos / rugas
genética / calvo

ontem não me achava
não espelho antes disso
não sei se era bonito
tampouco se já era feio

há dias de pagamento em que estou radiante
e outros que fumo demais e acordo feio
metade do mês e o filtro é amarelo
amanhã perco o emprego

terça-feira, 29 de abril de 2014

Anglo



4º andar

mato aula olhando pros carros
dos professores que podem me matar
3º andar
cadeiras fumantes de pernas cruzadas
alheias às novelas de escadaria


2º andar
álbum de figurinhas nas paredes
muitas repetidas
1º andar
o mundo é um bicho muito teórico
e isso aqui era um frigorífico


sexta-feira, 28 de março de 2014

Glabofobia



                        leitura do sobrinho

video

Um balão com medo de altura, mais que agulhas ou cigarros, temia o gás hélio. Por força do destino foi inflado por esse ar ultraleve para ornar uma feira de adoção de animais abandonados. Flutuou e lá no alto, em pânico e inquieto, preso só por um cordão fino, viu um pequeno gatinho espreguiçando pro sol dentro de uma gaiola. Anestesiou a fobia aos poucos, se acalmou lentamente, respirou fundo e explodiu.

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Camarão na sopa de Letras

acordo e sou expelido da cama
como uma gota de suor da casa
que reclama um ventilador no teto

vou pra aula de bicicleta

num sol integral 
cozinhando em banho maria

chego um camarão

na grande moranga acadêmica
e sou servido em uma tabela:
traços distintivos dos fonemas no PB

língua de fora

língua estrangeira
linguiça textual
literatura de embutidos
gramática decompositiva

volto pra casa mais rápido

com minhas anteninhas de crustáceo
e a casa continua
reclamando um ventilador no teto